Posição sem dono: Capa chega ao Vitória com lateral esquerda em alta rotação

Recém contratado, Capa tem a missão de acabar com irregularidade na esquerda — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória

Recém contratado, Capa tem a missão de acabar com irregularidade na esquerda — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória

Anunciado e apresentado nesta quinta-feira, Capa chega ao Vitória para brigar por vaga em um setor de alta rotatividade. A lateral esquerda tem sido uma posição “sem dono” em 2019. Entre as partidas sob comando de João Burse, Marcelo Chamusca e Cláudio Tencati, sete jogadores diferentes atuaram na função, e o que mais ganhou sequência foi justamente um atleta improvisado. O lateral-direito Jeferson jogou seis partidas como titular e uma como reserva no lado oposto ao de sua posição original.

Capa é o sexto lateral-esquerdo de ofício do atual elenco do Vitória, mas o número deve cair em breve. Apenas Fabrício tem contrato até o fim de 2019. O vínculo de Juninho se encerra no fim deste mês, assim como o de Arroyo, que integrou o time sub-23 na última temporada. Emprestado pelo Primavera, Mateus Rodrigues permanece na Toca do Leão até maio, enquanto o contrato de Benítez, emprestado pelo argentino Defensa y Justicia, vence em junho.

Rotatividade da lateral esquerda do Vitória em 2019

Jogo Quem atuou
CSA 1 x 1 Vitória Mateus Rodrigues
Vitória 1 x 1 Moto Club Mateus Rodrigues
Vitória 1 x 0 Vitória da Conquista Arroyo
Jacobina 1 x 2 Vitória Arroyo
Vitória 1 x 1 Jacuipense Bruno Bispo
Bahia 1 x 1 Vitória Jeferson
Vitória 4 x 0 Jequié Jeferson
Bahia de Feira 2 x 2 Vitória Arroyo
Moto Club 2 x 0 Vitória Jeferson
Vitória 1 x 1 Ceará Jeferson
Juazeirense 1 x 1 Vitória Benítez
Vitória 1 x 2 Atlético de Alagoinhas Benítez
Vitória 1 x 3 Botafogo-PB Juninho
Bahia 0 x 0 Vitória Jeferson
Confiança 2 x 2 Vitória Jeferson
Vitória 0 x 2 Fluminense de Feira Juninho e Jeferson (2º tempo)
ABC 0 x 0 Vitória Fabrício
Vitória 1 x 1 Náutico Fabrício

A alta concorrência, pelo menos até o fim do contrato de alguns rivais pela titularidade, não assusta Capa. Ao ser apresentado, o jogador abordou o assunto e encarou com naturalidade a disputa por posição. No início deste ano, ele defendeu o São Caetano em 11 partidas. Portanto, chega ao Vitória com ritmo de jogo.

– Eu acho que concorrência tem em qualquer equipe que você for. Mas você tem que ter tranquilidade no trabalho, de você dar seu melhor, mostrar seu valor a cada dia e mostrar ao treinador que existe capacidade para ser titular. Vou respeitar meus companheiros da posição, mas vou dar o meu máximo para conseguir a posição – afirmou.

Na última temporada, a lateral esquerda também foi um problema. Bryan iniciou a temporada como titular absoluto, mas perdeu espaço ao longo do ano. Pedro Botelho, Juninho, Fabiano e Benítez foram testados no setor, que também contou com as improvisações de Ramon e Bruno Bispo.

Para estar à disposição de Tencati para a partida contra o Fortaleza, marcada para a próxima segunda-feira, no Castelão, pelas quartas de final da Copa do Nordeste, Capa precisa ter o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) até esta sexta. Caso o clube não consiga o registro, o lateral esquerdo só poderá estrear na Série B do Campeonato Brasileiro, que será iniciada pelo Rubro-Negro no dia 27, contra o Botafogo-SP.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/posicao-sem-dono-capa-chega-ao-vitoria-com-lateral-esquerda-em-alta-rotacao.ghtml

Acesse a TVVIANET

Acesse Mais notícias aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.