Eron carrasco, Ramires reserva: com Vitória invicto, veja histórico dos Ba-Vi's dos aspirantes

carrasco Ramires reserva Vitória

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

Invictos e donos das melhores campanhas do Campeonato Baiano, Bahia e Vitória se enfrentam no próximo domingo, no Barradão, pela sexta rodada da competição. Vai ser o primeiro encontro entre os times de aspirantes dos clubes na temporada e, para muitos dos jogadores, a primeira experiência no clássico. Em campo, um grupo vai defender a invencibilidade do seu clube, enquanto o outro busca o primeiro triunfo sobre o maior rival.

Desde que definiram equipes de aspirantes, Bahia e Vitória se enfrentaram em três oportunidades: duas pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes e uma pela Copa Baiana de Aspirantes. O Vitória levou a melhor em dois desses jogos, e os times empataram em outro.

O último encontro entre os times de aspirantes aconteceu em outubro de 2019, no empate em 1 a 1 pela Copa Baiana de Aspirantes. Thiaguinho fez o gol do Vitória e Jonatas empatou para o Bahia.

Do time que iniciou aquela partida pelo Bahia, que já era comandado por Dado Cavalcanti, apenas o goleiro Fernando segue como titular. No Vitória, que mudou de técnico (João Burse saiu e chegou Agnaldo Liz), Welisson é o único titular de 2019 que segue em 2020. Dos jogadores que foram a campo, dois deles ganharam espaço no grupo principal (João Vitor e Guilherme Rend) e são titulares.

Vendido para o Hoffenheim, Lucas Ribeiro foi titular no Ba-Vi de aspirantes realizado em 2018 — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

Bahia: Fernando; Edimundo, Brunão, Jaques e Cesar (Matheus Bahia); Paulinho (Luciano Buiú), Carlinhos (Borges) e Maurício Caprini (Cristiano); Jonatas, Gabriel Esteves e Caíque (Saldanha). Técnico: Dado Cavalcanti.

Vitória: Caíque; Wellisson, João Vítor, Dedé e Gabriel Gomes (Padilha); Guilherme Rend (Hebert), Matheus Santana e Renzo; Thiaguinho (Marcelo), Samuel (Ítalo) e Caíque Souza (Luan). Técnico: João Burse.

No fim das contas, o Vitória foi mais longe na competição e acabou eliminado nas semifinais pelo Flu de Feira. Já o Bahia parou ainda na primeira fase.

Campeonato Brasileiro de Aspirantes

Também em 2019, Bahia e Vitória se enfrentaram pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes, e o Rubro-Negro levou a melhor. Em Pituaçu, o time de João Burse venceu o Tricolor de Dado Cavalcanti por 3 a 1. Eron, titular em 2020 e artilheiro da equipe no Baianão, estava naquela partida e marcou duas vezes. Luan Gabriel fez outro para o Vitória, e Cristiano descontou para o Bahia.

Bahia: Geovane; Matheus Bahia, Ignácio, Brunão e Max; Yuri, Luciano Buiu (Vinícius Garcia) e Cristiano (Carlinhos); Gustavo (Jonatas), Gabriel Esteves e Geovane Itinga (Caíque). Técnico: Dado Cavalcanti.

Vitória: Caíque; Welisson, Bruno Bispo, Suassuna e Gabriel; Hebert, Farinha (Rafael) e Maykon Douglas; Thiaguinho (Luan Gabriel), Júlio Cesar (David) e Eron (Bruno). Técnico: João Burse.

Os dois clubes tiveram boas campanhas na competição, mas caíram nas semifinais para Grêmio e Internacional.

Bahia e Vitória se enfrentaram três vezes com times de aspirantes — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

A estreia

O primeiro encontro entre Bahia e Vitória no Campeonato Brasileiro de Aspirantes aconteceu em 2018, na primeira fase da competição. No Barradão, o Rubro-Negro venceu a partida com gols de Arroyo e Jhemerson. Pelezinho fez o gol do Bahia.

O jogo colocou frente a frente algumas joias que, posteriormente, ganhariam espaço nos times principais e se transfeririam para clubes do exterior. No Vitória, o zagueiro Lucas Ribeiro, titular do time de aspirantes, subiu para a equipe A, se destacou e foi vendido para o Hoffenheim. No Bahia, Eric Ramires entrou no decorrer da partida, mas passou a ganhar mais oportunidades até subir ao grupo profissional. O meia acabou se tornando o camisa 10 do time e foi vendido, no início de 2019, para o Basel.

Eron e Arroyo comemoram um dos gols do Vitória no triunfo por 2 a 1 sobre o Bahia — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

Vitória: Caíque; Cedric, Léo Xavier, Lucas Ribeiro e Arroyo; Léo Gomes, Farinhas (Alex Galo) e Nickson (Ruan); Jhemerson (Flávio), Todinho (Felipe) e Eron. Técnico: João Burse.

Bahia: Deijair; Edimundo (Felipinho), Ignácio, Jaques e Mayk; Luis Fernando (Júnior), Joilson e Lepu; Felipinho (Eric Ramires), Fernandinho (Saldanha) e Pelezinho. Técnico: Cláudio Prates.

No Brasileiro de Aspirantes de 2018, o Vitória também chegou à semifinal, mas caiu para o Internacional. Já o Bahia parou antes, ainda na primeira fase.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/ba/futebol/campeonato-baiano/noticia/eron-carrasco-ramires-reserva-com-vitoria-invicto-veja-historico-dos-ba-vis-dos-aspirantes.ghtml


carrasco Ramires reserva Vitória


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Comentários