Em conversa vazada, PC fala sobre possível venda de Ronaldo ao Palmeiras: “Eu arrumo a casa”

Em conversa vazada, PC fala sobre possível venda de Ronaldo ao Palmeiras: "Eu arrumo a casa"

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

Através de um áudio viralizado na manhã desta quarta-feira, (10), onde é possível escutar o presidente do Vitória, Paulo Carneiro, deixando escapar qual será o futuro de dois atletas do Leão na temporada.

De acordo com o dirigente, o goleiro Ronaldo, que vinha negociando uma possível renovação contratual, está encaminhando uma transferência para o Palmeiras. "Ronaldo vai pro Palmeiras, viu? É, o empresário me ligou (inaudível). Aí eu arrumo a casa pro ano inteiro, sabe? Mas o time de garoto tá jogando bem, né? É… é o programa que eu tô renascendo", declarou PC.

Já o volante Guilherme Rend, cobiçado pelo Bahia, deve mesmo vestir a camisa Tricolor nesta temporada. Segundo o mandatário Rubro-negro, o Esquadrão vai adquirir metade do passe do atleta.  

"Sabe quanto ele me deve (inaudível)? Me deve 1.200. Porque 20% de 100, equivale a 40, 50. Se o Bahia está comprando 50, deve 40%. É… Campeonato do Nordeste ele não joga mais no Bahia", disse.

Na manhã desta quarta-feira (10), pouco tempo depois do vazamento dos áudios transcritos acima, Paulo Carneiro afrimou que os suspeitos de divulgarem o conteúdo já foram identificados e afastados.

"Ninguém vai atrapalhar o processo de reconstrução do clube. Tinha site que se diziam defensores envolvidos no vazamento de notícias, já identificamos e estamos tomando duras providenciais. Cada vez mais, temos que estar com as pessoas que a gente pode confiar. Vamos afastar todo mundo", finaliza.

Fonte: https://www.galaticosonline.com/noticia/10/03/2021/96677,em-conversa-vazada-pc-fala-sobre-possivel-venda-de-ronaldo-ao-palmeiras-eu-arrumo-a-casa.html


Em conversa vazada, PC fala sobre possível venda de Ronaldo ao Palmeiras: "Eu arrumo a casa"


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Empates, gols marcados e defesa vazada: um resumo do Vitória nas 10 rodadas da Série B

Empates marcados defesa vazada

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

O placar de 1 a 1 diante do Juventude, em partida disputada na última segunda-feira, no Alfredo Jaconi, é um bom resumo do que foi o Vitória nos primeiros dez jogos na Série B: uma equipe que empata excessivamente, consegue balançar as redes dos rivais, mas também sofre muitos gols.

1 de 1 Vitória empatou com o Juventude na última segunda — Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude

Vitória empatou com o Juventude na última segunda — Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude

O Rubro-Negro empatou 50% dos jogos que disputou na Segundona.

  • 5 empates
  • 3 vitórias
  • 2 derrotas

É claro que é importante somar um ponto que seja e impedir que um adversário direto como o Juventude, por exemplo, abra vantagem. Entretanto, matematicamente, é mais vantajoso vencer um jogo e perder outro do que empatar três vezes. O aproveitamento do Vitória até aqui é de 46,7%. É bom abrir o olho.

Quando o Vitória entra em campo, a chance de balançar as redes adversárias é considerável, tanto que a equipe de Bruno Pivetti tem o terceiro melhor ataque da Série B (ao lado do Náutico), com 12 gols marcados, atrás apenas de Ponte Preta e Juventude, que têm 14, e Paraná, com 13.

O Leão marcou pelo menos um gol em seis das dez partidas da Série B. O dia mais inspirado do ataque rubro-negro foi na 8ª rodada, quando venceu o Cuiabá por 4 a 2.

Léo Ceará é o artilheiro da equipe, com três gols marcados.

Por outro lado, a defesa não tem inspirado confiança, já que levou dez gols e é a quarta pior da Série B, ao lado de Ponte Preta, CRB e Confiança.

Partida em que levou mais gols: empate em 3 a 3 com a Ponte Preta.

Dos dez jogos na competição, a defesa do Vitória só saiu sem ser vazada em quatro.

  • Vitória 1×0 Sampaio
  • Figueirense 0x0 Vitória
  • Vitória 0x0 Náutico
  • Vitória 1×0 Paraná

O técnico Bruno Pivetti, enfim, terá o tempo que tanto pediu para ajustar as falhas e tentar tornar o Vitória uma equipe mais equilibrada e confiável. A próxima partida acontece somente no dia 26 de setembro, contra o Oeste, às 16h30, no Barradão.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/empates-gols-marcados-e-defesa-vazada-um-resumo-do-vitoria-nas-10-rodadas-da-serie-b.ghtml


Empates marcados defesa vazada


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Van destaca sequência do Vitória sem ter a defesa vazada e crava: “Não vamos tomar gol amanhã”

Van destaca sequência do Vitória sem ter a defesa vazada e crava: "Não vamos tomar gol amanhã"

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

O empate do último sábado, diante do Operário-PR, não foi o resultado que a torcida esperava, no entanto, serviu para aumentar a sequência de partidas sem levar gols: quatro no total. 

Em entrevista coletiva concedida na manhã desta segunda-feira, o lateral Van destacou a evolução do setor defensivo e afirmou que é preciso caprichar para marcar os gols.

"Principalmente atenção nossa. São três jogos sem tomar gol. É importante. Sinal que a defesa está bem sólida, bem firme, tenho certeza de que amanhã não vai ser diferente. Não vamos tomar gol. Vamos continuar sem tomar gol", afirmou. Não tomamos gol, mas não fizemos. Temos que caprichar mais lá na diferente. Agora posso dizer que estou 100%, estava sem ritmo de jogo. Tenho total consciência disso. Com fé em Deus, a bola vai entrar amanhã".

Sem tempo para lamentar o empate de sábado, o Vitória viaja no início da tarde de hoje para enfrentar o vice-líder da Série B, o Coritiba, nesta terça-feira. Mesmo jogando fora de casa, Van projeta que o Vitória não irá entrar em campo apenas para se defender.

"Pode ter certeza que amanhã a gente vai buscar os três pontos fora de casa. Não é porque a gente vai jogar fora de casa que vai ficar recuado", disse.

Por fim, o lateral lamentou as ausências de Gedoz e Baraka, mas ressaltou que quem entrar vai dar conta do recado. 

"Nosso elenco, a gente não pode depender somente de uma pessoa ou de duas. Nosso elenco é muito forte. Quem entrar vai fazer um bom trabalho e tentar fazer aquilo ou melhor do que eles estão fazendo. Sem sombra de dúvida, Baraka é excepcional. Chegou para somar. Ele e Gedoz. Mas quem entrar vai fazer um bom trabalho".

Coritiba e Vitória se enfrentam nesta terça-feira, às 19h15, no estádio Couto Pereira. Acompanhe pela rádio Itapoan FM, 97,5, a partir das 19h.

Fonte: https://www.galaticosonline.com/noticia/26/08/2019/87409,van-destaca-sequencia-do-vitoria-sem-ter-a-defesa-vazada-e-crava-nao-vamos-tomar-gol-amanha.html


Van destaca sequência do Vitória sem ter a defesa vazada e crava: "Não vamos tomar gol amanhã"


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Calvário nos últimos anos, sistema defensivo volta a falhar, e Vitória já tem defesa mais vazada

Calvário últimos sistema defensivo

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

Talvez a maior frustração do torcedor do Vitória neste início de Série B seja ver repetidos no time erros tão comuns nos últimos anos. Novamente refém das falhas, sejam elas individuais ou coletivas, o Rubro-Negro tem sofrido com os próprios vacilos até mais do que pelos méritos dos adversários. Não à toa, com três jogos de Série B, o Vitória já tem a defesa mais vazada da competição, com sete gols sofridos e média de 2,3 por jogo.

Vitória tem média de mais de dois gols sofridos por jogo na Série B — Foto: ASCOM / EC Vitória

O Vitória sofreu gols em todos os três jogos que disputou, sendo que, em dois deles (Botafogo-SP e Guarani), conseguiu abrir o placar, tinha a chance de se fechar e controlar a partida, mas acabou cedendo o empate e, em seguida, sofreu a virada para os rivais. Por conta disso, o time chegou a um rendimento defensivo inferior até ao do Brasil de Pelotas, lanterna da competição, que não pontuou ainda e sofreu quatro gols.

"Tomamos um gol em seguida do outro. Não pode nos desestabilizar e criar situações que trazem a negatividade para a equipe. Tem que ter segurança", disse Tencati após a derrota para o Guarani.

Dentro desses sete gols sofridos, o Vitória falhou das mais variadas maneiras: botes errados, pênaltis desnecessários, falhas na saída de bola com os zagueiros ou saída do gol com o goleiro, rebatidas equivocadas, e por aí vai. E o pior disso é que os adversários têm aproveitado. Na partida contra o Guarani, na última segunda-feira, o adversário pouco produziu, finalizou apenas seis vezes no gol rubro-negro*, mas três bolas entraram.

Estes problemas defensivos foram o calvário do Vitória nas últimas duas edições do Campeonato Brasileiro e custaram a permanência do clube na Série A. Em 2018, o Rubro-Negro teve a defesa mais vazada da competição, com 63 gols sofridos e média de 1,6 por jogo. Em 2017, viveu a mesma situação, só que empatado com o Sport, quando sofreu 58 gols (média de 1,5).

Ataque faz sua parte, mas falta criação

Por outro lado, se o Vitória tem a defesa mais vazada da Série B, também é dono do ataque mais produtivo, ao lado de Botafogo-SP e Bragantino, com cinco gols marcados. Desses cinco gols marcados, quatro foram feitos por atacantes (Ruan Levine duas vezes, Caíque Souza uma e Neto Baiano uma). O zagueiro Everton Sena fez o quinto gol.

Neto Baiano desencantou pelo Vitória na partida contra o Guarani — Foto: Divulgação / EC Vitória

Os gols surgiram até em um momento de pouca criação do Vitória. Contra o Botafogo-SP, foram apenas quatro finalizações certas e um gol marcado; diante do Vila Nova, quatro conclusões no gol e dois marcados; diante do Guarani, seis finalizações certas e dois gols. O técnico Cláudio Tencati também reconheceu essa deficiência na equipe.

"Existe uma falta na construção o jogo. Isso é fato. Confiar um pouco mais no balanço, na movimentação. Isso está claro. É uma evolução no lado criativo da equipe. É fato que a gente vai ter que mudar, vai ter que melhorar", disse Tencati após a partida contra o Guarani.

O Vitória tem nova oportunidade de melhorar os números e subir na tabela no próximo sábado, quando enfrenta o São Bento, no Barradão, às 16h30 (horário de Brasília). O Rubro-Negro ocupa o 12º lugar, com três pontos, enquanto o adversário é o penúltimo na Série B, com apenas um ponto conquistado em três jogos.

*Números do Footstats.net

Fonte: https://globoesporte.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/calvario-nos-ultimos-anos-sistema-defensivo-volta-a-falhar-e-vitoria-ja-tem-defesa-mais-vazada.ghtml


Calvário últimos sistema defensivo


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Com primeiro semestre desastroso, Vitória tem a defesa mais vazada das Séries A e B

Vitória tem a defesa mais vazada das Séries A e B — Foto: JL Rosa

Vitória tem a defesa mais vazada das Séries A e B — Foto: JL Rosa

Listar os culpados pelo primeiro semestre desastroso do Vitória seria um trabalho árduo. O roteiro do fracasso, que já contava com eliminações nas primeiras fases da Copa do Brasil e do Campeonato Baiano, foi incrementado com a queda nas quartas de final da Copa do Nordeste, com a goleada por 4 a 0 sofrida para o Fortaleza, na última segunda-feira. O placar elástico escancara o problema que será tratado neste texto: a fragilidade do sistema defensivo.

O Vitória tem a defesa mais vazada entre os 40 times que vão disputar as Séries A e B do Campeonato Brasileiro, com 25 gols sofridos em 19 jogos – a pior média é do Bragantino, que sofreu 23 gols em 14 partidas. A segunda equipe que mais sofreu gols é a Chapecoense, com 24, seguida por Bragantino, Guarani e Oeste, estes três da Segundona, todos com 23 gols sofridos.

Série A – equipes mais vazadas

Chapecoense 24 (23 jogos)
Corinthians 20 (22 jogos)
Santos 18 (21 jogos)
Ceará 17 (21 jogos)
Bahia 17 (24 jogos)

Série B – equipes mais vazadas

Vitória 25 (19 jogos)
Bragantino 23 (14 jogos)
Guarani 23 (15 jogos)
Oeste 23 (18 jogos)
Brasil de Pelotas 21 (13 jogos)

A derrota mais elástica do Rubro-Negro aconteceu justamente diante do Fortaleza. Antes, a equipe havia levado mais de dois gols apenas contra o Botafogo-PB, também pelo Nordestão. O problema é que, das 19 partidas que realizou, a equipe só não foi vazada em quatro: Vitória da Conquista (1 a 0), Jequié (4 a 0), Bahia (0 a 0) e ABC (0 a 0).

Os dois primeiros jogos do ano, é sempre bom lembrar, foram disputados com a equipe sub-23. A dupla de zaga formada por Bruno Bispo e Gabriel levou dois gols nos empates em 1 a 1 diante de CSA e Sampaio Corrêa.

A partir daí, o Vitória teve cinco duplas de zaga diferentes – Bruno e Gabriel voltariam a jogar juntos –, sendo que Edcarlos foi, de longe, o que atuou com mais regularidade. Veja, abaixo, todos os zagueiros que a equipe utilizou em 2019.

A zaga do Vitória em 2019

Duplas de zaga Números de jogos
Edcarlos e Ramon 5
Edcarlos e Thales 5
Bruno Bispo e Gabriel Silva 4
Edcarlos e Victor Ramos 3
Thales e Ramon 1
Ramon e Victor Ramon 1

Depois de ser eliminado do Nordestão, o Vitória só volta a campo no dia 27 deste mês, na estreia da Série B, quando encara o Botafogo-SP, no estádio Santa Cruz.

*Reportagem produzida com a colaboração de Guilherme Marçal.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/com-primeiro-semestre-desastroso-vitoria-tem-a-defesa-mais-vazada-das-series-a-e-b.ghtml

Acesse a TVVIANET

Acesse Mais notícias aqui