Jadson destaca necessidade de vitórias e descarta pressão sobre si: “Tenho feito a minha parte”

Jadson destaca necessidade vitórias

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

O Vitória tem um compromisso decisivo nesta quarta-feira. Depois de três anos de eliminações precoces no Campeonato Baiano, o Rubro-Negro vai tentar evitar mais um vexame: às 19h15, enfrenta o Bahia de Feira, no Barradão, pela última rodada da primeira fase.

A situação não é confortável: o time comandado por Dado Cavalcanti é o 5º colocado da tabela, com 10 pontos. O adversário desta noite é o vice-líder, tem sete pontos a mais e apenas uma derrota na competição.

Uma das esperanças da torcida do Vitória está na principal contratação do ano até aqui: o meia Jadson. Com um gol em nove partidas, ele descarta que seja alvo de pressão e garante que tem feito sua parte.

– Não tem nenhuma pressão sobre mim. Tenho feito meu trabalho, tenho feito de tudo para ajudar a equipe. Sei que a nossa equipe está sendo pressionada porque faz três anos que não chega numa semifinal do Baiano. Isso, para o Vitória, é muito ruim. A gente veio com o objetivo de ajudar a equipe, fazer chegar nas finais, brigar pelos campeonatos. E a gente está com esperança. Enquanto tiver esperança, a gente vai dar nosso melhor e buscar a vitória nesse jogo, para tentar a classificação.

1 de 1 Jadson pelo Vitória — Foto: Victor Ferreira / EC Vitória / Divulgação

Jadson pelo Vitória — Foto: Victor Ferreira / EC Vitória / Divulgação

Jadson avalia que tem deixado os companheiros na cara do gol; o problema, no entanto, é ter tranquilidade para acertar a finalização.

– Não estou achando complicado, não. Tenho feito a minha parte dentro de campo. Às vezes, eu sou um jogador que tento criar as jogadas, deixar os jogadores em melhores situações. Só levantar os dados, chegar e ver quantas vezes deixei meus companheiros em situação de gol. Mas acho que estou indo bem. A equipe precisa de vitórias para nos dar tranquilidade para o restante do Campeonato Baiano e para o ano todo.

“É o trabalho, as chances têm aparecido dentro dos jogos. Acho que está faltando um pouco mais de tranquilidade para finalizar, de concluir, para sair os gols para a gente conseguir as vitórias”, completa.

Jadson ficou no banco no último sábado, na partida contra o Unirb, mas pode aparecer na escalação do Leão nesta quarta. Dado não confirmou a equipe, mas uma possível formação tem:

Lucas Arcanjo; Alemão, Alisson Cassiano, Mateus Moraes e Vicente; João Pedro, Eduardo e Gabriel Santiago (Jadson); Luidy, Ruan Nascimento e Dinei.

A partida desta quarta-feira terá cobertura em tempo real pelo ge.

Confira abaixo outros trechos da entrevista de Jadson

Como foram esses dias de trabalho?
Foram dias de trabalho muito forte. Todos se dedicando ao máximo. Depois desse resultado, desse empate do último jogo, a gente teve a chance de entrar no G-4. Infelizmente, não conseguimos. Agora temos mais essa decisão, nesse jogo de amanhã.

Como está sendo a conversa com os jovens?
Sou um cara bem tranquilo fora de campo. Me dou bem com todo mundo. Respeito todos. Às vezes, a gente tem mais abertura com alguns jogadores do que com outros. Eu tento me dar bem com todos os jovens aqui. E todos sabem a opinião de cada um. A gente precisa melhorar. Todos precisam melhorar nessa questão de chegar na frente do gol e fazer o gol. Isso que está faltando na nossa equipe. A gente faz jogos bons, e as coisas não acontecem. É continuar trabalhando, que uma hora a chave vira, e as coisas começam a fluir naturalmente.

Como focar no Bahia de Feira e esquecer os outros jogos?
Nosso objetivo agora é conseguir essa vitória nesse jogo, contra o Bahia de Feira. A gente tem que focar no nosso jogo, fazer a nossa parte, porque a gente está deixando a desejar, conseguir a vitória. Claro que a gente vai tentar secar um pouco os adversários, para eles não conseguirem a vitória e a gente fazer a nossa parte.

Dado sinalizou que você vai ser titular?
Até comento com o grupo, a comissão, quando a gente fecha na reza. Acho que, depois que a gente perdeu alguns jogos, saiu do G-4, todos os jogos têm sido finais para nós. Isso tem pesado um pouco para os mais jovens. Você jogar com pressão, sendo pressionado, a torcida, imprensa, chegar e ficar cobrando resultados…Isso acaba pesando dentro de campo. Eu sou um cara rodado, sei lidar com pressão, com toda essas situações. Espero transmitir toda a confiança e tranquilidade para a equipe, para a gente conseguir essa vitória, que pode nos dar essa classificação.

Sente falta de um sistema que permita desenvolver um melhor jogo?
– O sistema de jogo é com a comissão técnica, o Dado, eles que decidem como jogar. Eles tentam transmitir isso nos treinos, para a gente levar para os jogos. Claro que, às vezes, eu prefiro jogar de algum jeito, mas a forma tática, às vezes, é outra. A gente tem que fazer o que a comissão passa, para que seja melhor para o clube.

Opinião sobre Dado Cavalcanti
– É um cara sensacional, como pessoa, fora de campo. Dentro de campo, um cara que trabalha sério, tem ideias novas de jogo. É inteligente. Ele tem tudo para dar certo aqui no Vitória. Todos do grupo sabem que, para ter tranquilidade para trabalhar no clube, só com vitórias. Infelizmente, as vitórias não estão acontecendo. Tomara que a nossa equipe consiga essa classificação, porque vai nos dar tranquilidade para essa reta final.

Fonte: https://ge.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/2022/03/15/jadson-destaca-necessidade-de-vitorias-e-descarta-pressao-sobre-si-tenho-feito-a-minha-parte.ghtml


Jadson destaca necessidade vitórias


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Roberto diz que Vitória vive sob pressão desde começo do ano e admite que ansiedade atrapalha

Roberto Vitória pressão desde

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

A última rodada do Campeonato Baiano é de decisão para o Vitória. O Rubro-Negro pecisa vencer o Bahia de Feira na quarta-feira e torcer por um tropeço do Barcelona de Ilhéus para garantir classificação para a semifinal do estadual, o que não acontece desde 2018.

Confiante, o atacante Roberto avaliou que o time precisa fazer sua parte, mas não vem mostrando um bom futebol. A pressão, segundo ele, existe desde o início da temporada.

– A gente sabe disso aí, que o clube tem três anos que não classifica, a gente já veio com essa pressão também. A gente está com pressão desde o começo do ano. A gente não consegue fazer um jogo realmente consistente. No meu modo de ver, o único jogo que a gente fez consistente foi o clássico [contra o Bahia], que a gente fez um grande jogo. Tirando isso, nós temos uns lampejos de meio tempo. A gente sabe que tem que evoluir muito. Agora, na quarta-feira, não tem nada, tem que ir para cima dos caras, tem que procurar a vitória de qualquer jeito – disse o atacante rubro-negro.

1 de 1 Roberto concede entrevista pelo Vitória — Foto: Divulgação/EC Vitória

Roberto concede entrevista pelo Vitória — Foto: Divulgação/EC Vitória

Além disso, Roberto comentou que a ansiedade é um dos fatores que tem atrapalhado o time na busca dos objetivos. Os jogadores experientes, segundo ele, precisam chamar a responsabilidade e orientar os mais jovens.

– A pressão que a gente vem sofrendo de estar trabalhando todo esse tempo e as coisas não estarem acontecendo é o que acaba incomodando um pouco a gente. A luta constante por uma vitória e ela não vindo, acaba dando ansiedade, desconfiança. Então, a gente, como mais velho, tem que manter a cabeça no lugar, tem que puxar os mais novos para frente, porque uma hora as coisas vão começar a melhorar para a gente. E já passou da hora, espero que possa ser nesse último jogo agora – afirmou.

Nesta quarta-feira o Vitória, recebe o Bahia de Feira no Barradão. A bola rola às 19h15 (de Brasília) e os ingressos estão à venda, confira como adquirir.

Confira outros trechos da entrevista de Roberto

Maior dificuldade do time
– A maior dificuldade é não conseguir as vitórias. A gente vem buscando a qualquer preço. Infelizmente, não estamos conseguindo. No jogo passado, mais uma vez, a gente lutou até o final. Sabemos da importância de vencer esse jogo. Infelizmente, mais uma vez, a gente não conseguiu. Mas não dá para parar. Temos que continuar trabalhando, porque acredito que, em uma hora, as coisas vão acontecer para a gente. E a gente vai conseguir a vitória.

Risco de ficar fora da semifinal
– A gente fica preocupado com tudo que está acontecendo, mas confiantes. A confiança não pode deixar de existir. Ainda temos chances, vamos procurar terminar com honra, vamos tentar ganhar dentro de casa na quarta-feira e, se for da vontade de Deus, que o resultado lá possa ser favorável para a gente conseguir a classificação.

Dificuldade de fazer gols
– Quando os resultados não vem, fica ruim para todo mundo. A gente tem buscado sim, nesse jogo agora, o primeiro tempo a gente até teve bastante volume de jogo, posse de bola, mas efetivamente para finalização foram poucas. No segundo tempo, com as mudanças, a gente foi para cima deles, tivemos ali umas três, quatro chances claras de fazer o gol, botamos uma bola para dentro, mas não foi o suficiente. Às vezes, é ansiedade, é querer fazer o gol de qualquer jeito, acaba se precipitando em algumas jogadas. Tem que continuar trabalhando, continuar buscando e independente de qualquer coisa é dar a vida na quarta-feira para conseguir essa vitória dentro de casa.

Será mais um ano de fora das finais?
– A gente espera que não. A gente tem ciência que a gente não tem feito bons jogos. A gente tem treinado, o Dado tem treinado com a gente, tem nos cobrado, a gente tem se cobrado. Mas infelizmente, tem sido um começo de ano bem difícil para gente e a gente tem oportunidade ainda. A torcida tem que acreditar, a gente enquanto jogador, comissão, a gente tem que acreditar. Vamos fazer um grande jogo na quarta-feira sim, quem sabe vir essa vitória que a gente tanto corre atrás e se der tudo certo a gente vai se classificar sim.

Fonte: https://ge.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/2022/03/14/roberto-diz-que-vitoria-vive-sob-pressao-desde-comeco-do-ano-e-admite-que-ansiedade-atrapalha.ghtml


Roberto Vitória pressão desde


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Roberto diz que ansiedade e pressão por resultados positivos têm atrapalhado o Vitória

Roberto diz que ansiedade e pressão por resultados positivos têm atrapalhado o Vitória

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

O Vitória não conseguiu obter uma sequência de resultados positivos até o momento e isso tem preocupado sua torcida e todos os que fazem parte da agremiação. Em entrevista nesta manhã, o atacante Roberto respondeu diversas perguntas e também foi questionado sobre a "grande dificuldade do Vitória" para emendar bons resultados.

"A maior dificuldade é não conseguir as vitórias. A gente vem buscando a qualquer preço e infelizmente não estamos conseguindo. Jogo passado, mais uma vez, a gente lutou até o final, pois era muito importante vencer esse jogo, mas infelizmente a gente não conseguiu. Não dá pra parar! Acredito que uma hora as coisas vão acontecer pra nós e conseguiremos as vitória", disse o jogador.

Autor do gol de empate contra o UNIRB, o atacante rubro-negro revelou que ansiedade e pressão por bons resultados têm atrapalhado o Vitória.

"Ansiedade um pouco também, com certeza… É a pressão que a gente vem vivendo de trabalhar todo esse tempo e as coisas não estarem acontecendo e isso acaba incomodando a gente. A luta constante do grupo por uma vitória acaba gerando ansiedade, desconfiança e nós como jogadores mais velhos temos que manter a cabeça no lugar e puxar os mais novos pra frente", disse Roberto.

O jogador do Vitória revelou uma certa preocupação pelos resultados ruins, mas fez questão de dizer que o grupo segue confiante.

"A gente fica preocupado com tudo o que está acontecendo, mas confiantes, pois a confiança não pode deixar de existir. Ainda temos chances e vamos procurar terminar com honra, ganhando em casa e, se Deus permitir, que o resultado do jogo do Barcelona seja favorável a nós para conseguirmos a classificação".

Fonte: https://www.galaticosonline.com/noticia/14/03/2022/103969,roberto-diz-que-ansiedade-e-pressao-por-resultados-positivos-tem-atrapalhado-o-vitoria.html


Roberto diz que ansiedade e pressão por resultados positivos têm atrapalhado o Vitória


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Com o Vitória sob pressão, Wagner Lopes vê grupo motivado e espera apoio: "É ter fé, acreditar"

Vitória pressão Wagner Lopes

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

A arrancada nos últimos jogos da Série B não foi suficiente para deixar o Vitória em situação confortável na 38ª rodada da competição. Neste domingo, o Rubro-Negro enfrenta o Vila Nova às 16h (horário de Brasília), no Barradão, com obrigação de vencer e precisando contar com tropeços de rivais diretos para evitar o rebaixamento para a Terceira Divisão.

Em entrevista coletiva concedida na manhã desta sexta-feira, o técnico Wagner Lopes avaliou como está a motivação do grupo diante do cenário difícil do Vitória. Para não ser rebaixado, a equipe precisa fazer a sua parte e torcer para que o Londrina não vença o seu jogo e que o Remo seja derrotado.

1 de 1 Wagner Lopes garante time motivado para jogo contra o Vila Nova — Foto: Pietro Carpi / EC Vitória / Divulgação

Wagner Lopes garante time motivado para jogo contra o Vila Nova — Foto: Pietro Carpi / EC Vitória / Divulgação

– Tudo motiva. O fato de estar jogando no Vitória motiva. É um dos maiores formadores, maior campeão da Copa do Nordeste. É um clube com uma história centenária. Óbvio que se fosse contar só o segundo turno nós estaríamos em 7º ou 8º. Então, isso também é um fator positivo. Apesar de termos perdido o último jogo, fizemos um grande primeiro tempo. Óbvio que ninguém queria ter tomado o gol no começo do segundo tempo e o terceiro, mas acho que faz parte, para aprimorar a reação, melhorar a concentração. Procurar manter a mesma concentração, a mesma intensidade de jogo, organização de um tempo no jogo todo. A gente conversa, a gente pontua com todos os atletas. Esse jogo contra o Vila Nova aqui em Salvador é fundamental, a gente precisa do resultado.

– É ter equilíbrio. A motivação tem que estar lá em cima. Só o simples fato de representar o Vitória já é o suficiente para estar motivado. A gente sabe que dentro de casa a gente precisa de uma reposta positiva. A gente conta com o apoio da nossa torcida – completa o técnico.

Wagner Lopes reconhece o sofrimento do torcedor rubro-negro ao longo da Série B, mas também espera o apoio neste domingo para que a equipe consiga fazer a sua parte.

– Nosso torcedor é nosso 12º jogador. Muito importante nesse momento, mesmo com todo o sofrimento, com tudo o que se ouve fora, ter a energia positiva, a presença do nosso torcedor. A gente conta com o apoio. Não existe Vitória sem o nosso torcedor. O Vitória só existe por causa da nossa torcida. A gente está orientando o nosso jogador para fazer o melhor que a gente pode. Para fazer nossa parte aqui dentro. Claro que a gente não queria estar nessa situação. Nosso torcedor está sofrendo. No dia a dia a gente busca fazer o nosso melhor para preparar a equipe da melhor maneira possível para vencer no domingo e, consequentemente, conseguir os resultados, tanto de Remo quanto de Londrina, que seja a nosso favor. A gente espera que nosso torcedor compareça e nos ajude a sair dessa situação.

Para enfrentar o Vila Nova, Wagner Lopes não vai ter o volante João Pedro, expulso na última partida. Para o lugar dele, o mais cotado é Cedric.

Veja outros trechos da entrevista coletiva de Wagner Lopes:

Renovação

– Acho que o planejamento você tem que fazer de todas as maneiras. Seja na Série B ou na Série C, em qualquer situação acho que é importante ter planejamento. Nossa diretoria está muito presente, fazendo todas as possibilidades, tem trabalhado muito. São os primeiros a chegar e últimos a sair do CT. Todo o planejamento está sendo feito. A gente tem muito trabalho. Claro que eu não participo dessas reuniões. São só os diretores. Mas está tudo sendo colocado na mesa, tudo sendo explicado. Estamos buscando as melhores situações para depois que definir, depois de domingo, sentar e conversar. Por enquanto continua do mesmo jeito.

Trabalho psicológico

– O que eu falo sempre. A gente sempre pontua a necessidade de acreditar. Não é qualquer um que joga no Vitória. As pessoas que aqui estão, de uma maneira ou de outra, para chegar elas foram escolhidas, foram selecionadas. Têm história, não começaram no futebol ontem. São pessoas com pedigree. Os que são formados aqui tem a chancela do Vitória. Os que estão jogando aqui e foram contratados, fizeram por merecer. A gente acredita muito que essas pessoas vão dar um retorno. Importante a gente pontuar isso, não só par passar confiança, mas para lembrar que toda motivação parte de dentro para fora. Ela é intrínseca. Não é de fora para dentro. Não é extrínseca. Não pode depender de fator externo para concentrar ou desconcentrar. Então, é importante que cada jogador faça o melhor, e a gente pontua isso sempre. Importante que a gente esteja sempre compactado e próximo do companheiro. Para quando acontecer de precisar, e a gente vai precisar sempre de estar próximo para ajudar o companheiro. Ou em um rebote, ou uma segunda bola, cobertura, dobra de marcação. É muito importante estar bem posicionado. E para estar bem posicionado, tem que jogar por orientação, e não por intuição. Isso é algo que a gente pontua muito. De fazer a leitura correta do jogo, na tomada de decisão ter duas ou três opções para tomar a decisão correta. E o mais importante. Ter brio. Honrar a camisa, deixar tudo dentro de campo. Só assim vamos conseguir um bom resultado no domingo.

Mensagem ao torcedor

Conversa com os jogadores

– O principal teor foi concentração, mental forte. Relembrar todos os momentos do jogo o que fazer, como fazer e quando fazer. Desde a fase defensiva, transição ofensiva, organização ofensiva, bola parada, qual tipo de reação a gente quer, quando recupera quando perde a bola. A bola parada é fundamental, tomada de decisão. Mas o mais importante é trabalhar o aspecto mental. Só pontuar isso, se não tiver ação positiva, não adianta. Então, é importante a atitude, importante a gente se impor dentro de casa, importante acreditar. Só que crença sem ação não resolve nada. Então, é ter fé, acreditar, trabalhar e principalmente confiar em si mesmo, no que é possível fazer para conseguir o resultado aqui no domingo.

Fonte: https://ge.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/com-o-vitoria-sob-pressao-wagner-lopes-ve-grupo-motivado-e-espera-apoio-e-ter-fe-acreditar.ghtml


Vitória pressão Wagner Lopes


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Análise: Vitória controla os nervos, segura a pressão do Sampaio e ganha fôlego na Série B

Análise Vitória controla nervos

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

Melhores momentos de Sampaio Corrêa 0 x 1 Vitória, pela 30ª rodada do Brasileirão série B

Ufa! Essa é a interjeição que melhor define o sentimento de jogadores, comissão técnica e torcedores do Vitória após o triunfo suado em cima do Sampaio Corrêa, fora de casa, pela Série B. Eduardo, de falta, marcou o gol do jogo [confira os melhores momentos da partida no vídeo acima].

Longe de ser um sentimento de alívio definitivo, que fique registrado. A situação do Vitória ainda é muito, mas muito complicado. Entretanto, a equipe precisava desse fio de esperança pedido pelo capitão Wallace após a derrota para o Confiança.

Fosse uma equipe mentalmente mais forte, em um momento menos conturbado, o Leão poderia até ter construído uma vantagem mais confortável, afinal foi superior ao Sampaio durante todo o primeiro tempo. Mas ainda estamos falando do segundo pior ataque da Série B e que, até esse jogo, estava há seis jogos sem balançar as redes.

No segundo tempo, com toda a pressão da equipe da casa, era natural que o Vitória recuasse e até colocasse em risco o resultado. É válido ressaltar a entrega dos atletas, fundamental para que a equipe respirasse aliviada na competição.

Superioridade rubro-negra

As duas equipes ainda estavam se estudando quando Eduardo, de falta, pôs fim ao jejum de gols do Vitória, que já durava seis jogos [confira no vídeo abaixo].

Aos 4 min do 1º tempo – gol de falta de Eduardo do Vitória contra o Sampaio Corrêa

Ele mesmo havia cavado a falta, ao tentar um chute de fora da área – Baraka colocou o braço na bola. Dono de uma batida na bola diferenciada, Eduardo era o que o Vitória precisava para colocar a bola no fundo da rede, ainda que ele não mantenha o mesmo nível de atuação durante os 90 minutos.

O gol deixou o Sampaio Corrêa sem rumo durante o primeiro tempo. Os donos da casa, que na rodada passada conseguiram uma vitória heroica diante do Vasco, não repetiram o mesmo desempenho, errando muitos passes. Lucas Arcanjo praticamente não sujou o uniforme.

Adivinha quem não tinha nada a ver com isso? O Vitória, que fechou bem os espaços e explorou as descidas rápidas para o ataque, principalmente pelo lado esquerdo, com Marcinho e Roberto.

Em um desses lances, Manoel quase amplia o marcador, mas errou o tempo da bola.

A sensação era de que o Vitória poderia marcar o segundo a qualquer momento, o que não se concretizou.

Equipe segura a pressão e respira na Série B

O Sampaio Corrêa mexeu no intervalo e no início do segundo tempo, se ajustou no jogo e passou a pressionar o Vitória, algo que não havia acontecido na primeira etapa.

Como consequência até natural, a equipe rubro-negra recuou. É uma postura sempre perigosa quando se está vencendo pelo placar mínimo, porém, perfeitamente compreensível, dada a situação do time no campeonato.

Zona de rebaixamento, jejum de vitórias e de jogos sem marcar…

Impossível não sentir esse peso.

O importante é que, por mais que o Sampaio tenha tentado, sobretudo com um infernal Pimentinha pelo lado direito [veja o lance no vídeo abaixo], o Vitória conseguiu segurar a pressão e se mantém vivo na Série B.

Aos 49 min do 2º tempo – finalização errada de Jean Silva do Sampaio Corrêa contra o Vitória

Ainda em situação delicada, mas vivo. Faltam oito batalhas.

Fonte: https://ge.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/analise-vitoria-controla-os-nervos-segura-a-pressao-do-sampaio-e-ganha-folego-na-serie-b.ghtml


Análise Vitória controla nervos


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Vitória: Comissão se blinda em meio a pressão por relatório que pode pedir afastamento de PC

Vitória: Comissão se blinda em meio a pressão por relatório que pode pedir afastamento de PC

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

Mais até do que as partidas do time, nos últimos dias, a Comissão de Ética do Conselho Deliberativo do Vitória tem atraído os holofotes. O colegiado terá papel fundamental na Reunião Extraordinária do órgão marcada para a próxima segunda-feira (20).

Na ocasião, está prevista a apresentação, pela comissão, de um relatório sobre a gestão do presidente Paulo Carneiro. Nos bastidores, há a perspectiva de que o parecer possa indicar o afastamento do dirigente.

Em meio à expectativa, os integrantes do colegiado se blindam à pressão de conselheiros e torcedores. Ao BNews, José Renato Oliva, um dos cinco membros da Comissão de Ética, revelou que o parecer já está pronto. Segundo ele, foram necessárias cinco reuniões para a elaboração do texto. "Cada encontro, foram pelo menos cinco horas", disse. 

O conteúdo será conhecido na reunião do Conselho, que acontecerá na Toca do Leão. O encontro, aberto os 163 conselheiros, está previsto para as 18h (primeira convocação).

Fonte: https://www.galaticosonline.com/noticia/20/08/2021/99981,vitoria-comissao-se-blinda-em-meio-a-pressao-por-relatorio-que-pode-pedir-afastamento-de-pc.html


Vitória: Comissão se blinda em meio a pressão por relatório que pode pedir afastamento de PC


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Com técnico interino e presidente sob pressão, Vitória pega o Cruzeiro em confronto direto

técnico interino presidente pressão

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

A situação do Vitória na Série B do Campeonato Brasileiro e também nos bastidores só se complica com o passar dos dias. Sem vencer há três jogos e na zona de rebaixamento da competição, o Rubro-Negro vai para o segundo jogo seguido com técnico interino e, ao longo da semana, teve o presidente denunciado pelo Conselho Fiscal. Diante de todo esse clima, faz jogo fundamental em confronto direto diante do Cruzeiro, na noite desta quarta-feira, no Independência.

1 de 1 Ricardo Amadeu comanda o Vitória nesta noite — Foto: Pietro Carpi / EC Vitória / Divulgação

Ricardo Amadeu comanda o Vitória nesta noite — Foto: Pietro Carpi / EC Vitória / Divulgação

O Vitória, que sequer anunciou a saída de Ramon Menezes, segue sem definir seu treinador. Como também tem situação para resolver com Rodrigo Chagas, técnico demitido anteriormente, o Rubro-Negro ainda não pode anunciar o novo comandante para equipe. Enquanto isso, Ricardo Amadeu segue como interino e vai para o segundo jogo à frente do time.

Além de resolver a situação do novo treinador, o presidente Paulo Carneiro também se preocupa com os seus próximos passos na gestão do clube. Nesta semana, o Conselho Fiscal protocolou denúncia em que pede a perda do mandato do gestor – será votada pelo Conselho Deliberativo no dia 23 deste mês. Somado a isso, Paulo Carneiro tem uma série de problemas financeiros no clube, com salários atrasados e R$ 278 mil penhorados na Justiça.

Com missão de não ser afetado pelo extracampo, Ricardo Amadeu vai precisar fazer mudanças no time titular do Vitória que vai a campo logo mais. Suspensos, Marcelo Alves e Wallace não jogam e devem dar lugar a João Victor e Mateus Moraes. Na frente, Ygor Catatau volta a ficar à disposição e deve começar jogando no lugar de Guilherme Santos.

O provável Vitória para esta quarta-feira tem: Lucas Arcanjo, Van João Victor Mateus Moraes e Roberto; Pablo Siles, Fernando Neto e Bruno Oliveira; Marcinho, Ygor Catatau (Vico) e Samuel.

O Jogo

Cruzeiro x Vitória, 17ª rodada da Série B

Quando: quarta-feira, 11 de agosto;
Onde: Independência, Belo Horizonte;
Horário: 19h (de Brasília);
Time provável: Lucas Arcanjo, Van João Victor Mateus Moraes e Roberto; Pablo Siles, Fernando Neto e Bruno Oliveira; Marcinho, Ygor Catatau (Vico) e Samuel;
Desfalques:
Guilherme Rend, Dinei, Thalisson, Ronaldo e Wesley (lesão); Wallace e Marcelo Alves (suspensão);
Pendurados:
Bruno Oliveira, Dinei, Gabriel Bispo e Pedrinho;
Arbitragem:
Savio Pereira Sampaio (DF) apita o jogo auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF).

Fonte: https://ge.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/com-tecnico-interino-e-presidente-sob-pressao-vitoria-pega-o-cruzeiro-em-confronto-direto.ghtml


técnico interino presidente pressão


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Ygor Catatau avalia pressão e trabalho para tirar o Vitória do Z-4: "Ninguém está acomodado"

Catatau avalia pressão trabalho

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

O Vitória vai enfrentar o Confiança, no próximo sábado, pela Série B, sabendo que precisa pontuar para não terminar a rodada na zona de rebaixamento. O problema é que a equipe atravessa momento ruim, não vence há quatro partidas e tem um dos piores ataques da Segundona.

1 de 1 "Ninguém está acomodado com essa situação, a gente tem que estar chateado", diz Catatau — Foto: Pietro Carpi / EC Vitória / Divulgação

"Ninguém está acomodado com essa situação, a gente tem que estar chateado", diz Catatau — Foto: Pietro Carpi / EC Vitória / Divulgação

Em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, o atacante Ygor Catatau admitiu incômodo com a situação do Vitória na Série B. O jogador reforçou que o grupo vem dando o máximo para tirar a equipe das últimas posições.

– A gente tem trabalhado com muita seriedade. Ninguém está acomodado com essa situação, a gente tem que estar chateado, não pode estar relaxado. Não tem que faltar trabalho, que é o que a gente está fazendo. Estamos trabalhando o máximo para dar algo a mais, que a gente acredita que pode estar brigando lá em cima – disse o jogador.

– Sim [estamos pressionados]. A pressão existe dos dois lados, quando está ganhando ou perdendo. Jogador sempre tem a pressão e tem que saber lidar com isso – completa.

Catatau também comentou a disputa por posição no Vitória. Reserva do time, ele afirma que segue em busca de uma vaga na equipe titular.

– Sempre trabalhando para ser titular. Não tem como trabalhar para estar por baixo. Sempre trabalhando para estar em alto nível e desempenhar o melhor possível.

O Vitória enfrenta o Confiança às 19h (horário de Brasília) deste sábado, no estádio Batistão, em Aracaju. Para esse jogo, Ramon não vai ter Raul Prata, que está machucado. Gabriel Bispo, que cumpriu suspensão na última rodada, retorna.

Veja outros trechos da entrevista de Ygor Catatau:

Caminho certo

– O treinador vem pedindo que a gente continue acreditando no trabalho, que a gente vem trabalhando bem e está no caminho certo e que vai sair dessa situação o mais rápido possível.

Falta de gols

– Analiso que a gente tem que definir melhor. A gente tem se cobrado o máximo também.

Cobrança de Ramon Menezes

– Ele está cobrando todos os jogadores para acertar o gol e fazer. Estamos precisando fazer o gol para buscar resultado positivo.

Fonte: https://ge.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/ygor-catatau-avalia-pressao-e-trabalho-para-tirar-o-vitoria-do-z-4-ninguem-esta-acomodado.ghtml


Catatau avalia pressão trabalho


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Apresentado, Bruno Oliveira não se intimida com pressão e classifica Vitória como “desafio da vida”

Apresentado Bruno Oliveira intimida

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

O setor de criação do meio-campo foi uma das lacunas do Vitória nos últimos jogos. Para suprir a ausência de um atleta capaz de articular e organizar jogadas, o clube contratou Bruno Oliveira, que foi apresentado na manhã desta quinta-feira.

1 de 1 Bruno Oliveira em treino do Vitória — Foto: Pietro Carpi / Divulgação / EC Vitória

Bruno Oliveira em treino do Vitória — Foto: Pietro Carpi / Divulgação / EC Vitória

Bruno passou pela Caldense no início da temporada. Emprestado pela equipe mineira até o fim do ano, o meia de 23 anos se prepara para disputar a Série B pela primeira vez na carreira. Prestes a representar o Vitória na competição mais importante de 2021, ele avaliou o desafio e afirmou que vestir a camisa rubro-negra pode ser considerado um divisor de águas em termos pessoais.

– Considero [maior desafio da carreira]. Até agora sim. O Vitória é uma camisa grande, história vencedora. Grande desafio da minha vida. Espero fazer um excelente campeonato e me tornar ídolo.

– Se Deus quiser. Encaro isso como o desafio da minha vida. Vou encarar cada jogo como se estivesse jogando o último jogo da minha vida – completou o meia, que foi apresentado no dia em que o Vitória completou 122 anos de fundação.

O novo reforço rubro-negro comentou também sobre a pressão por atuar em uma faixa de campo em que o time busca uma referência. Desde o início do ano, o técnico Rodrigo Chagas utilizou Gabriel Santiago, Alisson Farias, Soares, Eduardo e Ruan Nascimento como meias de criação. Gabriel Santiago chegou a se firmar na função, mas sofreu uma lesão no joelho e só voltará a jogar no segundo semestre.

A expectativa não intimida Bruno Oliveira. O meia confia que dará conta do recado e fará uma boa Série B pelo Vitória.

– De forma alguma [vê a pressão como algo negativo]. Levo como ponto positivo. Já joguei em outros clubes que me deram essa responsabilidade. Já me acostumei. Gosto dessa responsabilidade. Posso tornar isso em algo positivo.

O Vitória estreia na Série B no dia 28 deste mês, fora de casa, contra o Guarani. Bruno Oliveira teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na última segunda-feira e já está liberado para estrear.

Confira outras declarações de Bruno Oliveira:

Impressões do clube
– Estrutura maravilhosa, gostei bastante dos campos. Tem tudo aqui de suporte. O grupo me acolheu bem, é família, tem excelentes jogadores.

Caldense foi seu melhor momento?
– Sim, foi meu melhor momento. No Mineiro. Foi meu melhor momento profissionalmente.

Propostas
– Tive outras propostas. Mas conversei com meu empresário, optei pelo Vitória. Gostei da proposta, camisa muito grande. Foi uma escolha certa, creio.

Pronto para estrear?
– Estou pronto. Estou à disposição. Minha cabeça só está focada nesse jogo. Em jogo após jogo. Pensar no Guarani agora e depois pensar no outro, assim por diante.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/ba/futebol/times/vitoria/noticia/apresentado-bruno-oliveira-nao-se-intimida-com-pressao-e-classifica-vitoria-como-desafio-da-vida.ghtml


Apresentado Bruno Oliveira intimida


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.
 

Samuel Granada fala sobre pressão e chegada ao Vitória: “Escolhi ficar no Brasil”

Samuel Granada fala sobre pressão e chegada ao Vitória: "Escolhi ficar no Brasil"

O barradao.com traz para você mais uma notícia do Esporte Clube Vitória.
Aqui você fica sabendo das notícias publicadas nos quatro maiores sites esportivos do Estado da Bahia, confira abaixo o que acabou de sair na mídia.

O Vitória apresentou na manhã desta terça-feira (11), o atacante Samuel Granada, de 20 anos. Formado nas categorias de base do Fluminense-RJ, o jogador falou sobre a chegada ao Leão e sua escolha, mesmo com sondagens internacionais.

"Sim, tive outras propostas para ir para fora do Brasil, mas eu já conhecia o Vitória e preferi ficar no país. É um clube que já havia me procurado antes. E eu tinha interesse em vir. Chego para somar, com uma expectativa muito boa", disse, em coletiva na Toca do Leão.

Questionado sobre a pressão por resultados que deve encontrar no Rubro-Negro, que vai para sua terceira temporada na Série B, o jogador revelou estar preparado para possíveis tensões.

"Cobrança sempre vai ter, assim como tinha no Fluminense, e a cobrança lá é alta também. Já estou acostumado com isso. Não posso fugir da responsabilidade do elenco. Estou junto com o grupo, e vamos para cima", afirma.

Por fim, o jogador falou sobre suas principais características de jogo, e como pode agregar ao elenco de Rodrigo Chagas. "Sou jogador de área, centroavante. Porém, tenho habilidade para sair da área, girar, achar passes, dei muitas assistências no ano passado, seis. Então, não me considero muito móvel, mas também não sou um jogador muito parado", finaliza.

Fonte: https://www.galaticosonline.com/noticia/11/05/2021/97919,samuel-granada-fala-sobre-pressao-e-chegada-ao-vitoria-escolhi-ficar-no-brasil.html


Samuel Granada fala sobre pressão e chegada ao Vitória: "Escolhi ficar no Brasil"


Clique aqui para ler mais notícias do Vitória

Portanto, por isso, assim sendo, por conseguinte, conseqüentemente, então, deste modo, desta maneira, em vista disso, diante disso, mediante o exposto, em suma, em síntese, em conclusão, enfim, em resumo, portanto, assim, dessa forma, dessa maneira, logo, pois, portanto, pois, (depois do verbo), com isso, desse/deste modo; dessa/desta maneira, dessa/desta forma, assim, em vista disso, por conseguinte, então, logo, destarte.